a informação essencial
Pub

Paulo Silva é o novo presidente da Assembleia de Freguesia

FOTO: Gisélia Nunes
//
Partilha

Na passada segunda-feira, a lista socialista encabeçada pelo jovem sanjoanense de 28 anos, atualmente técnico superior de Ciências do Mar e cofundador da startup TOPAME incubada na Sanjotec - Centro Empresarial e Tecnológico, foi eleita por maioria, com 14 votos a favor, um voto em branco e quatro votos nulos.
No Fórum Municipal, perante uma sala de reuniões da Assembleia Municipal “a rebentar pelas costuras”, como há muito não se via, Helena Couto, após ver aprovado também por maioria (com 14 votos a favor e cinco votos em branco) o “seu” executivo (ver coluna), deu posse à nova Assembleia de Freguesia (AF) de S. João da Madeira.
Além de Paulo Silva como presidente, a mesa da AF recém-empossada conta com Danilo Silva Fernandes (PS) e Maria da Conceição Leite (PSD-CDS-PP) como primeiro e segunda secretários, respetivamente. Daniel Pardal Oliveira e Deolinda Nunes são os líderes das “bancadas” do PS e do PSD/CDS-PP, enquanto Joana Dias é o único elemento da CDU - Coligação Democrática Unitária com assento na AF (ver coluna).
Mas, ainda antes da eleição dos novos membros do executivo da junta e AF, houve lugar para uma última intervenção da presidente do órgão deliberativo cessante. Norlinda Lima fez “votos para que a nova Assembleia de Freguesia funcione bem”. “Que cada um, com os seus ideais políticos, contribua para o bem de S. João da Madeira e dos sanjoanenses”, exortou, pedindo ainda que a AF continue a ter “esta [numerosa] assistência” ao longo dos próximos quatro anos.
Por último, e dizendo-se “muito triste” pela tragédia dos incêndios florestais que atingiu novamente o país, Norlinda Lima propôs um voto de louvor “a todos os bombeiros e outras forças que estão no terreno” e “um minuto de silêncio em memória dos que partiram”. Proposta que, minutos mais tarde, veio a ser posta à votação pelo seu sucessor Paulo Silva e aprovada por unanimidade.

Porta-vozes dos partidos “estreiam-se” no púlpito

Joana Dias foi outra das intervenientes que se ouviram naquela noite. A jovem comunista manifestou vontade para que o próximo mandato se traduza nuns “bons quatro anos de governação para S. João da Madeira”. “Que tenhamos sempre presente os interesses da nossa cidade e dos sanjoanenses”, reforçou a ideia.
Alinhando pelo mesmo diapasão, seguiu-se Deolinda Nunes. “Um mandato pleno de sucessos, em que trabalhemos em conjunto e para o bem de S. João Madeira” foi o que começou por desejar a ex-candidata à liderança da Assembleia de Freguesia pela coligação “Maioria por S. João da Madeira”, assegurando, depois, que farão “uma oposição construtiva e saudável”.
Da ala do PS, surgiu Daniel Pardal Oliveira, felicitando “todos os eleitos e forças partidárias, aqui presentes, que foram escolhidos pelos sanjoanenses”. O jovem acrescentou ainda que “o PS está aqui para apoiar e construir um quadro político profícuo no sentido de se construir uma cidade de futuro”.

Sanjoanenses podem contar com “gestão dinâmica virada para o futuro”

Helena Couto fechou as intervenções, digamos assim. Além de agradecer a todos os sanjoanenses por terem confiado nela e na sua equipa para continuar a dirigir a freguesia, a líder autárquica reeleita garantiu que “os compromissos serão sempre para cumprir”.
Contando com uma “equipa muito jovem, dinâmica, empenhada”, Helena Couto afirmou que farão uma “gestão dinâmica virada para o futuro” e que darão continuidade ao “trabalho sério, responsável, transparente, próximo das pessoas, sempre focado nos interesses dos sanjoanenses” que iniciaram no mandato anterior.
Dirigindo-se concretamente aos eleitos da AF, referiu: “espero que nos critiquem, nos questionem e colaborem connosco”. Quanto ao muito público ali presente na ocasião, “venham mais vezes ao longo deste nosso mandato”.
Por falar em AF, registe-se, a título de curiosidade, que o novo presidente foi líder de bancada do PS no último mandato (2013/2017). Paulo Silva foi ainda membro do Secretariado da JS de S. João da Madeira, entre 2013 e 2015, e representante da JS no Conselho Municipal da Juventude, em 2014 e 2015.
Neste momento, representa a JS na Comissão Política Concelhia de S. João da Madeira do PS e na Comissão Política Federativa de Aveiro do PS.

Junta de Freguesia

Presidente - Helena Couto
Secretário - Carlos Renato Santos
Tesoureiro - Pedro Teixeira da Silva
Vogal - Filipa Duarte Ribeiro
Vogal - Ricardo Martins dos Santos
Vogal - António Luís Costa
Vogal - Ana Marisa Brandão

Assembleia de Freguesia

Mesa
Paulo Silva - presidente (PS)
Danilo Fernandes - 1.º  secretário (PS)
Maria da Conceição Leite - 2.ª secretária (PSD/CDS-PP)
 
PS
Daniel Pardal Oliveira
Filomena Carvalho Sousa
Heitor Bernardo Silva
Teresa Regina Pires
Duarte Vieira Araújo
André Alves Silva
Fátima Beatriz Esteves
Filipe Pinto Loio
Rui Ramos de Oliveira

PSD/CDS-PP
Deolinda Nunes
José Miguel Dias
Germano de Sá Oliveira
Ana Rita Azevedo
Marco António o Fernandes
António dos Santos Belo

CDU
Joana Dias

Comentários

Pub

Notícias relacionadas