a informação essencial
Pub

Festas da Cidade terminam com noite “épica”

FOTO: Direitos Reservados
Partilha

“Obrigado, S. João da Madeira, a noite de ontem foi épica...”. Esta é a descrição de uma fotografia “postada” pelo Agir na sua página oficial de Facebook, depois do concerto que deu na cidade de S. João da Madeira na última segunda-feira.
Este ano, coube ao cantor, compositor e produtor português, conhecido por músicas como “Tempo é dinheiro”, “Como ela é bela” ou “Make up, encerrar as Festas da Cidade contribuindo para “um final em apoteose”, como diz ao labor Adelino Calhau.
Segundo o presidente da comissão de festas (CF) há quase quatro décadas, “foi muito bom ver muitos jovens acompanhados pelos pais”. “E - conforme acrescenta - a chuva que caiu [na segunda-feira] não estragou o espetáculo nem afugentou os milhares de espetadores”, que encheram por completo o Jardim Municipal.

Festividades com “balanço positivo”
Por estas e por outras razões, Adelino Calhau faz, assim, um “balanço positivo” das Festas da Cidade 2017, que decorreram em S. João da Madeira de 22 a 26 de junho. Em declarações ao nosso jornal, conta que tiveram “casa cheia” nas noites das Marchas Populares (quinta-feira), protagonizadas pelas crianças das escolas, e de S. João (sexta-feira) e que na de sábado também “tivemos muita gente”.
Só o serão de domingo, em que atuaram as bandas de música de S. João da Madeira e dos Bombeiros Voluntários de Arrifana, é que, de acordo com o líder da CF composta por 12 elementos, “foi mais calmo” em termos de público. Ainda em relação ao dia 25, o responsável refere que também choveu na altura da procissão solene, mas nada que tivesse feito demover os crentes, quer os que participaram na própria marcha religiosa, quer os que se encontravam a assistir espalhados pelas ruas.
Adelino Calhau faz, agora, questão de agradecer publicamente, através do labor, “a todos quantos colaboraram”, nomeadamente aos “sanjoanenses, empresas, comércio, câmara municipal, em particular ao Dr. Paulo Cavaleiro, paróquia, etc.”.

Comentários

Pub

Notícias relacionadas