a informação essencial
Pub

As reações

Partilha

CDU analisa resultados no fim desta semana

A CDU vai reunir-se esta sexta-feira, dia 6 de outubro, para analisar os resultados das eleições autárquicas em S. João da Madeira. Só posteriormente será dada a conhecer a reação da CDU acerca deste sufrágio eleitoral, confirmou Rita Mendes, a candidata à CM, ao labor.
Os candidatos da CDU a estas eleições eram Rita Mendes à CM, Jorge Cortez à AM e Joana Dias à AF. Os eleitos foram precisamente Jorge Cortez e Joana Dias para as Assembleias Municipal e de Freguesia.
A CDU felicitou Jorge Sequeira, eleito novo presidente da câmara, e o PS pelo resultado nestas eleições autárquicas.

BE marcou posição para o futuro

Os resultados do Bloco de Esquerda (BE) ficaram aquém do esperado porque não conseguiram eleger ninguém para os três órgãos autárquicos. É certo. Mas estes foram “os resultados dentro do que é possível e a nível nacional não foi muito melhor”, reconheceu Fernando Sousa, candidato do BE à CM de SJM, ao labor.
A candidatura do BE nestas eleições foi “uma candidatura para marcar posição para o futuro”, declarou Fernando Sousa.

“A nossa semente foi lançada”

“Quero agradecer a toda a equipa que se criou e se envolveu à volta da candidatura em S. João da Madeira, em pouco tempo e com os recursos disponíveis fizemos muito. Foi a primeira vez que o PAN se candidatou a S. João da Madeira e desde o primeiro momento, foi e é uma honra ter aceitado este desafio em conjunto com toda a equipa, por forma a dar mais visibilidade às causa e valores que o PAN defende. Os resultados não foram os necessários para eleger a tão desejada Voz para a Assembleia Municipal, em prol dos mais desprotegidos, dos temas esquecidos, da defesa dos animais e do ambiente. Contudo, a nossa semente foi lançada.
O espírito PAN, as causas e valores que o PAN defende, são hoje tema de conversa em S. João da Madeira e isso é resultado do nosso empenho durante esta campanha. A “Mudança” de cor aconteceu em S. João da Madeira, mas essa não é a “Mudança” que nós PAN tanto falamos e tanto desejamos.
A “Mudança que queremos ver” não se reflete em grandes obras, mas sim na mudança de mentes, de atitudes e de hábitos, que queremos ver perdurar no tempo, por forma a serem reflexo de uma nova sociedade, mais humana, mais empática e com maior preocupação na defesa da causa animal e ambiental”, declarou Andrea Domingos, candidata do PAN à CM, ao labor.

Comentários

Pub

Notícias relacionadas