a informação essencial
Pub

Mais de dois milhões de euros de investimento nas escolas do 1.º ciclo

FOTO: Direitos Reservados
FOTO: Direitos Reservados
Partilha

À semelhança do que tem feito a câmara municipal, que tem a Educação como uma prioridade, a candidatura “Maioria Por S. João da Madeira” liderada por Paulo Cavaleiro “continua a dar especial atenção às escolas”, visitando-as e inteirando-se das necessidades mais prementes. E vai continuar a fazê-lo caso ganhe as autárquicas do próximo domingo, 1 de outubro.
São várias as propostas da coligação que junta o PSD e o CDS-PP para o campo educativo, conforme refere nota de imprensa enviada ao labor. A começar pelo investimento de mais de dois milhões de euros nas escolas do 1.º ciclo, englobado num pacote de propostas que passam essencialmente pela revisão do Projeto Educativo Municipal.
Ainda a propósito, segundo o comunicado, o destaque vai para o lançamento do Programa + Escola, onde se podem ver medidas que passam diretamente pela reabilitação, requalificação e reapetrechamento dos estabelecimentos de ensino. E nesta linha de pensamento ainda se enquadram projetos de requalificação da Academia de Música, a renovação das instalações do Instituto de Línguas e a requalificação das instalações da EB2/3, incluindo espaços verdes e desportivos.
Além da intervenção física, o programa eleitoral irá manter a aposta de valorização das políticas que estimulem o sucesso escolar, o reforço das atividades de enriquecimento curricular, o alargamento do ensino da natação a todos os anos das escolas do 1.º ciclo, através da implementação do programa S. João a Nadar, e a criação de um banco/bolsa de material e manuais escolares para apoio a estudantes.

Reforço dos espaços concedidos na Casa das Associações

Nas visitas às mais diversas associações e instituições da cidade feitas pela equipa de Paulo Cavaleiro, “voltou a ficar bem patente o espírito de governar a cidade com os sanjoanenses, tornando-os agentes fundamentais nesta parceria. Tanto que “iremos reforçar o apoio a dar às nossas associação e instituições, que passa por exemplo por reforçar os espaços concedidos na Casa das Associações”, conforme garantiu Paulo Cavaleiro, em press release enviado ao labor.
Nota ainda para a passagem com regularidade pelas piscinas interiores, no âmbito da qual têm “constatado o descontentamento dos utilizadores, que falam numa cada vez menor capacidade de resposta deste equipamento e da qualidade do mesmo”. Aliás, faz parte do programa a construção de uma nova piscina, um novo pavilhão no Complexo Desportivo Paulo Pinto e, por força das circunstâncias, novos campos de ténis e de padel nas Travessas, estando já elaborado o projeto.
Nesta área do desporto e de lazer, também estão previstos novos equipamentos do parque aquático das piscinas exteriores, entre muitas outras propostas, que reforçarão o facto de S. João da Madeira ter sido distinguida com o galardão de “Município Amigo do Desporto”.

Comentários

Pub

Notícias relacionadas