a informação essencial
Pub

Breves da Assembleia Municipal

Partilha

Idosos De acordo com o Diagnóstico Social de 2015, há 806 famílias com um elemento, duplicando em 2011. Destas, 604 têm um elemento com mais de 65 anos. Nestes casos, há pessoas que têm capacidades físicas e psicológicas para viverem sozinhas. Por outro lado, haverá certamente muitas delas que vivem situações de abandono, alertou Rita Mendes, deputada da CDU, apelando à CM de SJM para identificar e apoiar estas pessoas. "É uma questão determinante para nós resolvermos estas questões sociais", sublinhou Rita Mendes em nome da CDU.
O isolamento de pessoas idosas é "uma preocupação de todos nós", assegurou Ricardo Figueiredo, presidente da CM de SJM.

Obras A obra do Largo do Souto foi "simples, bonita e ficou bem feita", reconheceu Jorge Cortez, deputado da CDU, considerando que a mesma foi feita pelo meios humanos da câmara que deviam de ser usados em muitas outras obras da cidade. Assim estará assegurada a criação de uma boa obra e sempre a um custo inferior ao de contratação de terceiros, constatou Jorge Cortez. O deputado da CDU pediu a mesma atenção que há no centro da cidade para outras zonas periféricas. "O Município deve gerir com igualdade os mesmos locais", frisou. Jorge Cortez chamou ainda à atenção do Município para a "obrigação" que tem em colocar edifícios como o Palacete dos Condes e a Quinta do Rei da Farinha ao "serviço da comunidade".

Contentores Os contentores subterrâneos estão avariados e com falta de limpeza em alguns pontos da cidade, denunciou Artur Nunes, deputado socialista, especificando o caso de uns contentores que não funcionam há cerca de oito anos na Rua Santa Cruz sita nas traseiras da Escola Secundária Oliveira Júnior.
O assunto dos contentores subterrâneos será tido e conta pelo autarca sanjoanenses, afiançou Ricardo Figueiredo, sem esclarecer em concreto o caso na Rua Santa Cruz.

Ferreira de Castro O Parque Municipal Ferreira de Castro esteve "durante vários anos ao abandono", criticou Rodolfo Andrade, líder da bancada e do PS.
Desde vandalização da estátua de homenagem ao escritor Ferreira de Castro, ao minigolfe, ao estado do parque infantil, do campo de futebol, entre muitas outras apresentadas pelo socialista.
Para Rodolfo Andrade foi "preciso o PS visitar o parque para a câmara anunciar obras uns meses depois". Logo a seguir, Ilídio Leite, líder de bancada do PSD, respondeu: "não quero desiludi-lo, mas acha-se de uma importância que não tem neste contexto concreto". O Parque Ferreira de Castro sofrerá um plano de intervenção e de requalificação com vista a resolver todos os problemas presentes, assumiu Ricardo Figueiredo.

Acesso A passagem coberta junto ao Millennium BCP na Rua João de Deus precisa de uma pequena rampa para que as pessoas com dificuldade de mobilidade, em cadeira de rodas e até carrinhos de crianças, possam ter facilidade em aceder a este espaço da cidade, avisou Rodolfo Andrade em nome do PS.

PEDU A Câmara Municipal de S. João da Madeira conseguiu mais 10%, equivalente a 750 mil euros, de incentivos para o Plano estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU), deu a conhecer Ilídio Leite.
Uma recompensa devido ao facto do Município ter antecipado até 15 de fevereiro uma execução superior a 15% do valor aprovado (7,5 milhões de euros).

Casqueira A munícipe Maria Clara Carvalho, deputada socialista e primeira subscritora da petição pública "Cheiro a Casqueira Não!", acusou Ricardo Figueiredo, presidente da CM de SJM, de não fazer mais por esta causa que apoiou publicamente.
O autarca sanjoanense ficou de agendar uma reunião entre ele próprio, acompanhado de Oliveira Bastos, presidente da assembleia municipal, todos os representantes das forças políticas com assento na assembleia municipal, e de um elemento do Movimento Cívico Ar Limpo, responsável pela petição, com João Pedro Matos Fernandes, Ministro do Ambiente.
Maria Clara Carvalho anunciou que a discussão da petição pública está para breve em reunião plenária na Assembleia da República.
A munícipe acusou ainda Ricardo Figueiredo de não ter apresentado nenhuma reserva aquando da renovação da licença da empresa associada ao cheiro do "Casqueira" e de ter ocultado a discussão pública. Maria Clara Carvalho lamentou que "continuem a jogar com os sanjoanenses sobre estes problemas".
A reunião entre todos os sanjoanenses anteriormente mencionados e o Ministro do Ambiente terá lugar, segundo Ricardo Figueiredo. Quanto às suas ações sobre o assunto enquanto presidente da CM de SJM, decidiu deixa o julgamento ser feito pelos sanjoanenses.

Comentários

Pub

Notícias relacionadas