a informação essencial
Pub
Partilha

Olindo Costa decidiu retirar a candidatura

Tags

Susana Lamas é a única candidata à liderança do PSD

FOTO: Direitos Reservados
Partilha

Olindo Costa decidiu retirar a candidatura

As eleições para a Comissão Política Concelhia do PSD de S. João da Madeira afinal não vão ser disputadas por dois candidatos, tal como era certo até ao início desta semana, no dia 13 de abril.
A candidata Susana Lamas é a única a disputar a liderança do partido social-democrata depois de Olindo Costa ter comunicado, esta terça-feira, a retirada da sua candidatura através de um comunicado enviado ao labor.
Uma decisão inesperada uma vez que Olindo Costa apresentou a sua candidatura à liderança do PSD no dia 6 de abril, sexta-feira passada, na Biblioteca de Fundo de Vila.
“Procurei nos últimos meses auscultar diversos quadrantes do nosso partido com vista a encontrar uma solução que visasse uma maior inclusão e abrangência das vozes dos seus militantes, fazendo jus aos desígnios dos seus fundadores, sob a visão 'Revitalizar o partido, fortalecer as estruturas'”, começa por dizer o ex-candidato aos “companheiros” e “companheiras” do PSD.
“Para minha surpresa, e apesar de considerar o processo independente, vejo surgir uma candidatura alternativa que reúne o apoio de figuras das estruturas supraconcelhias do partido”, continua Olindo Costa.
O ex-candidato tem “a convicção de que é urgente fechar o ciclo atual de governação. Contudo, não serei um foco de desestabilização, quando o momento necessário é de paz e tranquilidade”. “Por este motivo não serei candidato nas próximas eleições”, assumiu Olindo Costa.
O ex-candidato termina, o comunicado, com “uma palavra final para desejar que o nosso militante André Neves vença as eleições no congresso nacional da JSD, curiosamente com início no dia 13 de abril, data das eleições concelhias, tornando-se o primeiro presidente sanjoanense de sempre dessa estrutura”.
Apesar de não ser candidato à liderança do PSD, “não me demito da minha função como militante. Vou andar por aí”, afirmou Olindo Costa, sem querer prestar mais declarações sobre este assunto, ao labor.

Comentários

Pub

Notícias relacionadas