a informação essencial
Pub
Partilha

Tags

Breves da reunião de câmara

Partilha

Bombeiros Esta terça-feira, a câmara aprovou por unanimidade um apoio extraordinário no valor de 2.420, 25 euros à Escola de Infantes e Cadetes (EIC) da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de S. João da Madeira. O subsídio destina-se à aquisição de novos fardamentos, com adaptação dos respetivos tamanhos ao crescimento das crianças e dos jovens que frequentam a EIC.

Marchas Este ano, o Município volta a comparticipar a indumentária dos pequenos marchantes que vão participar no desfile das Marchas Populares integrado nas Festas da Cidade. Está confirmada a presença de 2.062 alunos dos jardins de infância, 1.º, 2.º e 3.º ciclos e ainda secundário, sendo que a câmara vai atribuir, à semelhança de outras vezes, sete euros por participante. Contas feitas, o subsídio camarário total é de 14.434 euros, a distribuir pelos diversos estabelecimentos de ensino.

Saudação A câmara municipal aprovou por unanimidade um voto de saudação às atletas Ana Catarina Ferreira e Eva Carregosa. “Tendo dado os primeiros passos na Sanjoanense” - a primeira na modalidade de andebol e a segunda na natação -, as duas jovens de S. João da Madeira, agora ao serviço de outros clubes, sagraram-se recentemente campeãs.
Segundo o presidente Ricardo Figueiredo, que foi quem apresentou a proposta, “mais uma vez, a formação desportiva da Sanjoanense vê, desta forma, ser premiado o seu trabalho, que muito tem contribuído para o desporto nacional”.

Louvor Também no passado dia 13 a Câmara Municipal de S. João da Madeira aprovou por unanimidade um voto de louvor ao clarinetista sanjoanense Vítor Fernandes, que, com apenas 22 anos de idade, conquistou o 1.º prémio da 4.ª edição do “International Clarinet Competition”, um dos mais prestigiados concursos de clarinete da actualidade.
A proposta partiu dos vereadores do Partido Socialista e teve como base não só “a enorme relevância do prémio” que lhe foi atribuído no passado dia 22 de abril, mas também “o exemplo que é dado, essencialmente aos jovens sanjoanenses que aspiram prosseguir uma carreira na área da música”.
Ainda antes de votar a favor, o autarca Ricardo Figueiredo defendeu que “a cidade precisa destas referências e os jovens destes exemplos”.

Concurso Nesta última reunião de câmara pública, a socialista Teresa Correia “trouxe à tona” um tema recorrente - leia-se contratação de um técnico para o Centro de Leitura Especial, instalado na Biblioteca Municipal Dr. Renato Araújo. Porque - conforme justificou - no site do Município “não encontro o processo do concurso” e, como tal, não se sabe em que pé está o procedimento concursal.
Em resposta, o autarca de S. João da Madeira adiantou que “as provas já estão feitas”, sendo que, seguidamente, “vai-se proceder à entrevista de avaliação psicológica para o júri decidir”. Ricardo Figueiredo soube, entretanto, através de um telefonema que fez na altura, de outras informações que optou por dar à vereadora da oposição à margem da sessão.

Albergue No período de antes da ordem do dia, Teresa Correia, do PS, trouxe a público a “questão”, como a própria disse, do albergue para animais errantes que está a ser construído em Casaldelo. A vereadora socialista perguntou “quem vai fazer a gestão daquele espaço”. Ao que o líder da autarquia, Ricardo Figueiredo, respondeu: “numa próxima reunião de câmara conto ter o assunto adiantado”.

Praça Segundo o presidente da câmara, o projeto de requalificação da Praça Luís Ribeiro “está a ser objeto das últimas afinações”, sendo que a sua “versão final estará pronta nos próximos dias”. Uma vez concluído e após uma reunião de trabalho com a oposição e a aprovação das alterações em sede de executivo, “o objetivo é submeter uma candidatura até ao fim de junho”, avançou Ricardo Figueiredo.

Prémios Pelas recentes distinções feitas recentemente pela Associação Portuguesa de Museologia (APOM) quer ao Museu do Calçado, quer ao Núcleo de Arte da Oliva Creative Factory, mais concretamente às suas coleções residentes, os vereadores do PS dirigiram “felicitações a todos os funcionários, colaboradores” dos dois equipamentos municipais.
Para que conste, o Museu do Calçado recebeu os prémios “Inovação e Criatividade”, “Aplicação de Gestão e Multimédia”, “Incorporação” e ainda a “Menção Honrosa de Melhor Museu do Ano”. Já o “Prémio Colecionador APOM 2017” foi atribuído à Coleção de Arte Bruta e Singular de Richard Treger e António Saint Silvestre e a “Menção Honrosa, na categoria “colecionador”, à Coleção Norlinda e José Lima.

Caminho Ricardo Silva (PS) recordou uma proposta no sentido de intervencionar um caminho pedonal, em terra batida, existente entre a Escola Básica e Secundária João da Silva Correia e a Capela do Parrinho, aprovada há quase um ano. De acordo com o vereador da oposição, embora a intervenção na altura tenha sido aprovada por unanimidade, “até agora nada foi feito”.

Tarifário A Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) “vem dar razão a uma reclamação apresentada por um munícipe” contra a aplicação do novo tarifário da água antes de este ter sido aprovado em sede de executivo municipal a 7 de março último O socialista Ricardo Silva lamentou, na passada terça-feira, que tenha sido “necessária a intervenção de uma entidade externa para se resolver este problema” quando o próprio PS já tinha solicitado “a correção do procedimento”.
“Perante a dúvida, a opção foi adotar o procedimento que, de certeza absoluta, não prejudicará ninguém”, afirmou Miguel Oliveira. Segundo o vereador da maioria, a Águas de S. João irá proceder à retificação de todos os consumos, tenham os clientes reclamado ou não.

Quintelas Foi aprovado, com a abstenção da oposição, um pedido de alteração do Plano de Pormenor das Quintelas feito por uma munícipe. “O arruamento, tal como estava inicialmente previsto, implicava a demolição de uma habitação ali existente”, disse, a propósito, o presidente da câmara, acrescentando que o que a requerente pretendia era apenas uma “pequena deslocação da rua de maneira a não colidir com essa pré-existência”.
Com base na garantia que lhe foi dada pelos serviços técnicos da câmara, Ricardo Figueiredo assegurou aos vereadores do PS que “não há qualquer obstáculo legal nem urbanístico”.

Orreiro A “Reabilitação de quatro edifícios no Bairro do Orreiro” foi adjudicada à “Vieirominho II – Construção e Reabilitação de Edifícios, Lda” pelo preço de 767.395 euros + IVA. A empresa tem 180 dias para executar a obra. O relatório final desta empreitada foi anteontem aprovado, em sede de executivo municipal, com a abstenção do PS.

Contas Também o PS se absteve quando chegou a hora de aprovar as contas consolidadas de 2016. Mas não sem antes o presidente da autarquia, Ricardo Figueiredo, ter informado que o resultado líquido consolidado fixou-se em 289.420 euros e que o valor total do balanço consolidado do Município foi de 172 milhões de euros.

Servidão A câmara aprovou por maioria, com a abstenção do PS, a constituição de servidão administrativa de direito de passagem de dois coletores de águas residuais das infraestruturas do campo de jogos da Academia dos Campeões. Trata-se de uma área de cultivo que, de acordo com Miguel Oliveira (PSD), “em nada” será prejudicada por esta obra e, como tal, a autarquia predispõe-se apenas a pagar 2.000 euros por eventual “incómodo” causado e não a comprar o terreno, como era vontade de dois dos seus proprietários.

Público Embora se tenha feito representar em menor número do que em outras reuniões de câmara, o público fez-se ouvir igualmente. Além do já habitué Manuel Pinho, que se referiu à capela mortuária, “que espero que fique pronta até dia 25”, pintura da Esquadra da PSP, que já vem sendo falada “há 150 dias”, “mais movimento nas nossas estradas” e, como tal, é necessário maior segurança, também Ana Couto interveio.
A munícipe assegurou que “hoje sei o que não quero para a minha cidade”. Isto, depois de “apontar o dedo” ao estado do comércio de rua, parques da cidade, passeios, casas de banho junto à igreja matriz, habitação social, etc..

Comentários

Pub

Notícias relacionadas