a informação essencial
Pub
Partilha

Desta vez o júri não conseguiu resistir à “Regueifa da tia” e ao “Pão-de-ló húmido” confecionados por esta padaria e pastelaria sanjoanense com quase 25 anos

Tags

“A Mina da Estação” distinguida com mais duas medalhas de ouro

FOTO: Gisélia Nunes
FOTO: Gisélia Nunes
Partilha

Desta vez o júri não conseguiu resistir à “Regueifa da tia” e ao “Pão-de-ló húmido” confecionados por esta padaria e pastelaria sanjoanense com quase 25 anos

Situada junto à estação ferroviária de S. João da Madeira, “A Mina da Estação” - Padaria e Pastelaria foi distinguida uma vez mais a nível nacional, com mais duas medalhas de ouro.
Ambas as distinções, atribuídas desta feita aos doces “Regueifa da tia” e “Pão-de-ló húmido”, tiveram lugar no Concurso Nacional de Folares e Bôlas e no Concurso Nacional de Doçaria Tradicional Popular Portuguesa, respetivamente. As competições foram promovidas pelo CNEMA em conjunto com a Qualifica/ oriGIn Portugal, no passado mês de março, no Centro Nacional de Exposições, em Santarém.
De acordo com os responsáveis deste estabelecimento comercial sanjoanense com cerca de 25 anos, “os resultados destes concursos confirmam a determinação desta empresa em submeter os seus produtos à avaliação imparcial de um júri especializado, no sentido de garantir e melhorar o sabor, a qualidade, a textura e o aspeto de cada produto, mantendo sempre uma produção meramente tradicional”.
Se bem que, em declarações exclusivas ao labor, Osvaldo Lima, um dos filhos do casal proprietário d’ “A Mina da Estação”, adiantou que o “segredo” do sucesso d’ “A Mina da Estação”, para além de estar na massa - entenda-se “boa farinha, bons ovos”, etc. - está também no “bom atendimento”, no “pessoal qualificado com experiência no setor”, entre outros “ingredientes” que distinguem esta padaria e pastelaria - propriedade do casal Basílio Gestosa da Rocha e Maria Margarida Pinho Rocha, da freguesia de Fajões (Oliveira de Azeméis) - das demais existentes na cidade.
“A Mina da Estação” tem vindo a ser premiada desde 2015, altura em que se viu pela primeira vez nestas andanças dos concursos, tendo, inclusive, já obtido uma estrela, com o seu “Bolo Rainha”, no Great Taste Awards, o prémio do Melhor Sabor. Reconhecimento que, ano após ano, tem vindo a trazer-lhe “cada vez mais clientes, que vêm à procura de produtos de excelência”, disse, visivelmente orgulhoso, Osvaldo Lima ao nosso jornal.

Comentários

Pub

Notícias relacionadas