a informação essencial
Pub
Partilha

Como produtor musical em escolas de samba e grupos de carnaval

Tags

Bruno "Violas", o “papa títulos nacionais” 

FOTO: Direitos Reservados
Partilha

Como produtor musical em escolas de samba e grupos de carnaval

Assina os seus documentos de identidade como Bruno Ferreira, mas é conhecido por todos como Bruno “Violas”

Com 84 títulos nacionais, divididos entre primeiros e segundos lugares, Bruno “Violas” é, talvez, o produtor musical mais premiado do país no que toca a Carnaval e sambas de enredo.
Com uma vasta experiência profissional adquirida em 2005 decidiu criar o seu próprio estúdio onde passou a alargar os seus horizontes como produtor musical. Neste setor, e para além de mais de uma centena de gravações em estúdio para bandas dos mais distintos estilos musicais, os prémios alcançados vêm sobretudo dos trabalhos realizados como produtor para as melhores escolas de samba do país.
De Ovar à Ilha da Madeira, passando por Estarreja, Figueira da Foz, Mealhada e Sesimbra, cidades onde a tradição do Carnaval é bem reconhecida, todos procuram a sua colaboração enquanto produtor musical. São estes feitos que lhe vão dando um know-how e uma capacidade para dar resposta a qualquer projeto na sua área. Exemplo disso é o convite que nos últimos dois anos tem recebido da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira enquanto músico e técnico de som para a criação da banda sonora do espetáculo que preenche o horário nobre da Viagem Medieval, que este ano teve como tema  "Pedro e Inês”. Na ocasião, “Violas” convidou para produzir os seis temas com ele Luis Ribeiro, guitarrista dos "Azeitonas”, e Tiago Soares, dos "Retimbrar" e "Pés na Terra”, dois amigos e excelentes músicos. 
Ainda no que toca a títulos conquistados, encontram-se também os primeiros e segundos lugares alcançados, ao longo de sete anos consecutivos, com o Infantário das Travessas de S. João da Madeira, no concurso nacional "Conta-nos uma História", promovido pelo Ministério da Educação e Cultura, em parceria com a Microsoft Portugal.
Para Bruno “Violas”, estes prémios "são motivo de orgulho não só para mim e para o Infantário das Travessas, como também se estendem à comunidade sanjoanense, tendo em conta que neste concurso participam anualmente mais de 700 escolas espalhadas pelo país".  "Violas" aproveita ainda a oportunidade para agradecer às educadoras Ana Teixeira e Emilia Resende, pelo convite que lhe têm endereçado para integrar este simpático projeto académico juvenil.
Natural de Cucujães e com 38 anos de idade, é em S. João da Madeira que Bruno “Violas” passou a maior parte da sua vida académica e passa hoje a sua vida profissional.
Já com vários anos de experiência, para além de professor de música, Bruno “Violas”, mais recentemente e a convite da Outside The Box, empresa sanjoanense na área de design e multimedia, aceitou ser responsável técnico por todo o sistema de som e luz da Oliva Creative Factory.
Numa outra temática e em jeito de conversa, Bruno “Violas” lamenta a falta de programação que a Casa da Criatividade tem apresentado nos últimos anos, não correspondendo, em nada, com as potencialidades que a sala de espectáculos de S. João da Madeira oferece. Nesta crítica construtiva, "Violas" referiu, e porque conhece bem essa realidade, os Cine-Teatros de Estarreja e de Albergaria-A-Velha, os mais próximos, como exemplos a seguir.

Comentários

Pub

Notícias relacionadas