a informação essencial
Pub
Partilha

Centro Médico da Praça

Tags

Endonorte organiza nova palestra sobre o cancro do cólon e recto

FOTO: Direitos Reservados
Partilha

Centro Médico da Praça

O ENDONORTE - Instituto de Endoscopia Digestiva do Norte (uma das unidades de saúde do Centro Médico da Praça - CMP) organizou no passado dia 22 de setembro, uma palestra sobre o cancro do cólon e recto (CCR), rastreio e vigilância, no Restaurante do Lago, no Europarque, em Santa Maria da Feira. Iniciativa direcionada não só a especialistas de Gastrenterologia e de Medicina Geral Familiar e enfermeiros, mas também a outros profissionais de saúde.
O ilustre palestrante, Prof. Dr. Ricardo Pinto, MD, especialista em Gastrenterologia, (Gastroenterology Department, Centro Hospitalar do Porto; Institute of Biomedical Sciences Abel Salazar, University of Porto CIDES/CINTESIS; Faculty of Medicine, University of Porto; Instituto de Gastro do Norte - CMP), não só cativou como prendeu a atenção dos mais de 100 participantes durante 60 minutos.
Neste período o referido palestrante alertou os convidados para a importância do rastreio do Cancro Cólon e Reto (CCR) que é a primeira causa de morte em Portugal (11 mortes/dia;4000 mortes/ano), como para a evidência que mostra que o rastreio do (CCR) tem tido sucesso na redução da incidência e da mortalidade por ele causada.
A colonoscopia como ferramenta de rastreio primário ou exame de vigilância tem contribuído para este pressuposto.
Segundo recomendações internacionais, o diagnóstico precoce deve efectuar-se a partir dos 50 anos idade. Contudo, o momento certo depende do risco individual de cada pessoa de desenvolver a doença.
A vigilância e timing pós colonoscopia são determinados também por fatores familiares e pelo fenótipo individual.
As novas tecnologias como a cronoscopia electrónica e o uso de dióxido de carbono como gás de insuflação, implementadas neste Instituto de Endoscopia do Norte, têm permitido uma melhoria na detecção de lesões precursoras (pólipos/adenomas) e uma segurança do exame, de excelência, única na região.
A aposta em novas tecnologias no Grupo CMP (Centro Médico da Praça) e em particular neste Instituto de Endoscopia do Norte, têm permitido uma diferenciação, nestas e noutras valências de diagnóstico, comparadas com outras existentes na concorrência, da região.

Comentários

Pub

Notícias relacionadas