a informação essencial
Pub
Partilha

“S. João da Madeira é um cluster industrial fantástico que está completamente virado para o futuro”

Tags

Ana Lehmann visitou empresas sanjoanenses

FOTO: Direitos Reservados
FOTO: Direitos Reservados
Partilha

“S. João da Madeira é um cluster industrial fantástico que está completamente virado para o futuro”

A secretária de Estado da Indústria, Ana Lehmann, visitou algumas empresas da Sanjotec - Centro Empresarial e Tecnológico de S. João Madeira e as empresas Cartonagem Trindade, Viarco e Tecmacal no dia 27 de fevereiro.
O primeiro ponto de paragem foi a Sanjotec, onde Ana Lehmann teve a oportunidade de conhecer e “atualizar um pouco o conhecimento destas atividades”, afirmou a própria à comunicação social.
As tecnologias diversificadas e os projetos ligados a várias áreas - química, software, design, hardware, robótica, automação - existentes nas empresas incubadas na Sanjotec representam as “atividades da indústria do futuro”, considerou Ana Lehmann. Além disso, estas empresas têm “um potencial de mercado e um potencial de crescimento enorme”, acrescentou a secretária de Estado da Indústria.
As empresas e o espaço sanjoanense visitado, em comparação com outros, transpareceram todo o seu potencial. “Às vezes visitamos espaços destes, mas ainda não vemos muito bem se os projetos têm esse potencial. Aqui não. Vê-se que são projetos sólidos, duradouros e que podem acrescentar muito valor à cidade”, assumiu Ana Lehmann.
Um outro aspeto importante comum a todos estes projetos é a sua ligação à indústria e que os leva a ser “potenciadores da modernização industrial. Vimos aqui casos verdadeiramente de S. João da Madeira para o mundo, onde se desenvolvem as tecnologias - as áreas de maior valor acrescentado - e para clientes que são líderes mundiais”, constatou a secretária de Estado da Indústria.
A expressão indústria tradicional, como é habitualmente usada, não é do agrado de Ana Lehmann. Passando a explicar, “para mim deve ser indústria orgulhosa da sua tradição e justamente estou aqui para valorizar e reconhecer o enorme valor que a indústria orgulhosa da sua tradição tem para a economia do país”.
O roteiro de visitas reuniu “a tradição com a qualidade, com a tecnologia e até com laboratório de investigação e desenvolvimento. Temos vários elementos da cadeia de valores que são fundamentais. Hoje em dia um país como Portugal pode afirmar-se no mundo com base na sua tradição e criatividade, não é só com base em tecnologias que se aplicam em todo o lado”.
“Uma imagem que quero deixar de S. João da Madeira é de progresso, modernidade, orgulhosa da sua tradição. S. João da Madeira é um cluster industrial fantástico que está completamente virado para o futuro”, descreveu Ana Lehmann.
O Governo vai “continuar a apostar muito na vertente de financiamento” de empresas, muitas delas apoiadas pelo programa Norte2020, assegurou a secretária de Estado da Indústria.

“Indústrias diversificadas fazem a força do nosso tecido humano”

A visita de Ana Lehmann foi “extremamente importante porque é um membro do Governo da República que representa um setor vital para o desenvolvimento económico do nosso país” e que “veio a S. João da Madeira divulgar as boas práticas, valorizar aquilo que é feito, designadamente na Sanjotec onde nos encontramos, e onde ajuda a projetar o nome de Portugal”, declarou o autarca Jorge Sequeira.
A cidade sanjoanense tem “um potencial industrial em diversos setores. A indústria do calçado é importante, deve ser reinventada a cada dia, mas hoje estamos presentes em indústrias diversificadas - robótica, hardware, química, automóvel, textil - que fazem a força do nosso tecido humano”, concluiu Jorge Sequeira.

A Sanjotec em 2017

53 projetos empresariais Sanjotec, cerca de 90 se considerarmos a Oliva
350 colaboradores
30 milhões de volume de negócios
60% exportações
Taxa de ocupação: 90% - Edifício S1 e 100% -  Edifício S2

Comentários

Pub

Notícias relacionadas