a informação essencial
Pub

O futuro de Milheirós é discutido na Assembleia da República

FOTO: Google Maps
Partilha

Amanhã, em reunião plenária

As petições – “Pela Integração de Milheirós de Poiares em S. João da Madeira” e “Não à Desanexação de Milheirós de Poiares do concelho de Santa Maria da Feira” - são discutidas na reunião plenária de amanhã, dia 7 de abril, com início às 10h00, na Assembleia da República.
Cada grupo parlamentar vai ter três minutos para intervir sobre este assunto que é o terceiro ponto da ordem de trabalhos.
Por enquanto não é tempo de reações ao agendamento da discussão, só depois das posições assumidas pelos partidos durante a reunião plenária.
Enquanto Daniel Henriques, primeiro subscritor da petição "Pela Integração de Milheirós de Poiares em S. João da Madeira", Augusto Santos, Presidente da Junta de Freguesia de Milheirós de Poiares, e Vítor Aniceto Santos, representante do Movimento Independente de cidadãos Unidos pelo Sim (integração de Milheirós de Poiares em S. João da Madeira), preferiram apenas comentar o assunto depois das intervenções dos grupos parlamentares na Assembleia da República. Já Emídio Sousa também não reagiu sobre o assunto depois do contacto do labor.
A apresentação de um projeto de lei sobre a integração de Milheirós de Poiares em S. João da Madeira poderá ter de esperar por condições mais favoráveis como depois das eleições autárquicas de 2017.
É importante relembrar que a petição pública "Pela Integração de Milheirós de Poiares em S. João da Madeira" foi entregue a 20 de setembro de 2016 na Assembleia da República.
O grupo de cidadãos independentes, promotores desta causa pública, criada a 11 de julho do ano passado, conseguiu recolher 5.258 assinaturas, das quais 4.500 em papel e 758 online.
A petição pública "Não à desanexação de Milheirós de Poiares do Concelho de Santa Maria da Feira" foi apresentada pelo próprio autarca Emídio Sousa no dia 20 de dezembro de 2016 e entregue no dia 18 de janeiro deste ano na Assembleia da República. Depois dos relatórios finais terem sido aprovados, as petições públicas chegam agora à discussão na Assembleia da República.

Opinião dos sanjoanenses eleitos nas últimas legislativas pelo distrito de Aveiro sobre a integração

Os eleitos sanjoanenses deram conhecer a sua opinião sobre o assunto em outubro passado ao labor. Por isso, voltamos a recordar as mesmas.
O sanjoanense Pedro Nuno Santos, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, não está como deputado na Assembleia da República, mas “tudo farei para convencer os deputados de que é favorável a integração de Milheirós de Poiares em S. João da Madeira”, disse ao labor.
Os deputados Susana Lamas, do PSD, João Almeida, do CDS-PP, e Moisés Ferreira, do BE, demonstraram ser favoráveis à integração de Milheirós de Poiares em S. João da Madeira.
A opinião da distrital de Aveiro do PCP sobre o assunto não chegou até ao fecho da edição do labor.

Comentários

Pub

Notícias relacionadas