a informação essencial
Pub

Oliveira Júnior aposta em curso profissional de Técnico de Desporto

FOTO: Rui Guilherme
Partilha

Os 1.850 alunos do Agrupamento de Escolas Oliveira Júnior (AEOJ) regressam às aulas no dia 12 de setembro.
Dos 130 alunos do jardim de infância, 320 das escolas básicas de 1.º ciclo e dos cerca de 1.400 da escola sede, cerca de 40% são provenientes de freguesias dos concelhos vizinhos de Santa Maria da Feira e de Oliveira de Azeméis.
O AEOJ apresenta como oferta formativa os cursos profissionais de Técnicos de Análises Laboratoriais, Multimédia, Desporto e Fotografia. Quanto aos cursos Científicos-Humanísticos, irão funcionar as opções de Ciências e Tecnologias, Economia e Línguas e Humanidades.
Entre as novas ofertas formativas está o curso profissional de Técnico de Desporto e a adesão ao projeto piloto de autonomia e flexibilidade curricular no âmbito do Plano Nacional de Promoção do Sucesso Escolar.
O projeto de autonomia e flexibilidade curricular “trata-se de uma nova abordagem alternativa ao ´tradicional´ paradigma de ensino, que consiste em valorizar as competências de cada aluno”, afirmou o agrupamento de escolas ao labor.
“O cidadão de sucesso é conhecedor, mas é também capaz de integrar conhecimento, resolver problemas, dominar diferentes linguagens científicas e técnicas, coopera, é autónomo, tem sensibilidade estética e artística e cuida do seu bem-estar”, constatou o agrupamento de escolas, citando o despacho do Governo sobre este projeto piloto. Continuando a citação, “a operacionalização do perfil de competências que acaba de se referir implica intencionalidade e ação educativa conducente ao desenvolvimento das áreas previstas. De igual modo, sabendo-se que a diferenciação pedagógica é um dos principais instrumentos para garantir melhores aprendizagens é fundamental que as escolas tenham à sua disposição instrumentos que lhes permitam gerir o currículo de forma a integrar estratégias para promover melhor aprendizagens em contextos específicos e perante as necessidades de diferentes alunos”.
O projeto de flexibilidade será aplicado “a todas as turmas do 7.º ano (seis), agrupando as disciplinas de Português, História, Educação para a Cidadania e Tic. Cada uma destas disciplinas disponibiliza 50 minutos semanais para desenvolvimento do projeto”, revelou o AEOJ, com a certeza de que “certamente haverá ainda muito a melhorar, mas será com certeza um ponto de partida rumo à desejável mudança”.

“A nossa taxa de reprovação está em mínimos históricos”

O AEOJ, a dias do início do ano letivo 2017/2018, dá nota de que “temos vindo a crescer enquanto escola, quer no número de alunos quer ao nível dos resultados. Tem sido um esforço conjunto das várias estruturas afetas ao agrupamento, que de uma forma gradual tem-se refletido em melhorias a vários níveis”.
Destaca ainda que “a nossa taxa de reprovação está em mínimos históricos (apenas reprovou um aluno no 6.º ano e outro no 7.º ano) e temos sentido uma procura crescente por parte da comunidade educativa, sinal de que o nosso trabalho está a ser reconhecido externamente”, salientou o agrupamento de escolas ao labor.

Orquestra Oliveira Júnior, Grupo TOJ, Clube Eco escolas, entre outros

“Para além das atividades letivas e dos respetivos resultados académicos, julgo que o facto de termos ofertas de atividades extracurriculares (a Orquestra Oliveira Júnior, o Grupo de Teatro TOJ, o Clube Eco Escolas, entre outros) contribui também para que um número crescente de alunos procure o nosso agrupamento”, acredita o AEOJ, assegurando que “estamos prontos para os (bem) receber!”.

130 alunos Jardim de Infância
320 alunos Escolas Básicas 1.º Ciclo
1.400 escola sede
Total de 1.850 alunos no AEOJ
31 assistentes operacionais
9 assistentes técnicos
Cerca de 150 professores

Comentários

Pub

Notícias relacionadas