a informação essencial
Pub
Partilha

O sucessor de Margarida Violante defende que deve ser retomado o percurso de uma Escola de exigência e de alto desempenho

Tags

Mota Garcia é o novo diretor

FOTO: Direitos Reservados
Partilha

O sucessor de Margarida Violante defende que deve ser retomado o percurso de uma Escola de exigência e de alto desempenho

A tomada de posse do novo diretor do Agrupamento de Escolas (AE) João da Silva Correia aconteceu no passado dia 14 de julho, no Auditório da Escola Secundária João da Silva Correia. António Manuel Valente Mota Garcia começou o seu discurso agradecendo a presença de familiares, amigos e antigos professores, nesta que foi também a sua escola e manifestando alegria pela oportunidade de liderar o AE que possui algumas das instituições que fizeram parte da sua infância e adolescência, conforme refere nota informativa enviada ao labor.
Ainda de acordo com o comunicado, o líder do órgão diretivo manifestou apreço pela confiança nele depositada, bem como o peso de suceder a alguém com a referência de Margarida Violante e de iniciar funções numa escola de tão alto desempenho. Aludindo a algumas das metas inscritas no “Perfil dos alunos para o século XXI”, Mota Garcia referiu ser interessante que tenham agora sido repescadas metas que alguns dos seus próprios professores tinham em tempos já exigido a si e aos seus colegas. Frisou, também, verificar com interesse que os atuais governantes inscrevam num documento um conjunto de valores que lhe foram transmitidos pela família desde tenra idade e mesmo exigido pelos seus professores.
Fazendo alusão à sua filosofia de Escola, acrescentou que deve ser retomado a percurso de uma Escola de exigência, de alto desempenho, mas, simultaneamente, onde os alunos se sintam bem, sejam felizes, tenham vontade de regressar e onde os professores continuem a ter vontade de trabalhar e a fazer aquilo que sabem fazer melhor: educar.
Nascido em 7 de julho de 1965, em S. João da Madeira, Mota Garcia é licenciado em Biologia pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, tendo posteriormente obtido pós graduações em Educação Especial e Administração Escolar. Profissionalmente, nos últimos anos Mota Garcia cumpriu dois mandatos como diretor no Agrupamento de Escolas de Escariz.
Neste seu novo desafio, o diretor vai contar com os adjuntos Ana Magda Jorge, Irene Coelho e Paulo Bastos, e Sílvia Augusto que desempenhará funções de subdiretora.

Agradecimento a Margarida Violante

Em nota informativa enviada ao labor, o Agrupamento de Escolas João da Silva Correia agradece à antiga diretora, Margarida Violante, o trabalho desenvolvido ao longo dos últimos 26 anos (quatro dos quais enquanto agrupamento) , que cumpriu “com responsabilidade, compromisso e dedicação, a tarefa a que se propôs”.
“A sua energia, diplomacia, elegância no trato e devoção ao cargo serão difíceis de igualar, mas deixam no agrupamento uma base sólida para aqueles que a seguem.”, refere o comunicado, no qual vem também mencionado “um louvor às suas equipas, cujo trabalho sério e funcionamento harmonioso permitiram cimentar uma imagem de prestígio na comunidade”.

Comentários

Pub

Notícias relacionadas