a informação essencial
Pub

Um dos chapeleiros foi roubado do Monumento “Unhas Negras”

FOTO: Diana Familiar
FOTO: Diana Familiar
Partilha

O Monumento “Unhas Negras” ficou sem um dos seus chapeleiros, ao que tudo indica na madrugada de quarta-feira, no espaço envolvente ao Museu da Chapelaria.
A Câmara Municipal de S. João da Madeira já participou o desaparecimento à PSP.
O Monumento “Unhas Negras” é “um símbolo da Indústria da Chapelaria e uma justa homenagem aos ´pobres chapeleiros do passado que curtiram o seu fadário de párias às escondidas de Deus e do mundo´”, descreve a autarquia sanjoanense.
O nome “Unhas Negras” é igual ao romance de João da Silva Correia que “designava os operários que trabalhavam nas fulas e ficavam com as unhas tingidas de preto. A alcunha chegou a generalizar-se e foi, durante muito tempo, utilizada para designar os habitantes de S. João da Madeira”, dá a conhecer a autarquia na sua página oficial.
(em atualização)

Comentários

Pub

Notícias relacionadas