a informação essencial
Pub
Partilha

Campeonato Nacional da 2.ª Divisão de Hóquei em Patins – Zona Norte

AD Sanjoanense, 3
HA Cambra, 2

Tags

Sanjoanense derrota vizinho nos últimos segundos

FOTO: Nuno Santos Ferreira
FOTO: Nuno Santos Ferreira
Partilha

Campeonato Nacional da 2.ª Divisão de Hóquei em Patins – Zona Norte

AD Sanjoanense, 3
HA Cambra, 2

Jogo no Pavilhão da Associação Desportiva Sanjoanense.
Árbitros: Paulo Almeida e Marco Gomes (Aveiro).
AD Sanjoanense: Marco Lopes (gr) (cap), Pedro Rego, Pedro Cerqueira, José Almeida e Afonso Santos.
Suplentes: Tiago Almeida, João Cruz, Bruno Moreira, Alex Mount e Bernardo Moreira (gr).
Treinador: Miguel Resende.
HA Cambra: David Nogueira (gr), Dani Bastos (cap), Alfredo Nogueira, Nuno Maia e João Oliveira.
Suplentes: Tiago Tavares, Miguel Oliveira, Pedro Nuno Lopes, Luís Pinho e Tiago Santos (gr).
Treinador: Vítor Pereira.
Ao intervalo: 1-1.
Marcha do Marcador: 0-1 por Dani Bastos (6’), 1-1 por José Almeida (14’), 1-2 por Miguel Oliveira (34’), 2-2 por Bruno Moreira (44’), 3-2 por José Almeida (50’).
Ação Disciplinar: Cartão azul para Vítor Pereira – treinador (17’ e 43’), David Nogueira (23’), Pedro Rego (39’), Miguel Oliveira (43’), Nuno Maia (49’) e Dani Bastos (49’).
Cartão vermelho para Miguel Oliveira (49’).
Faltas: AD Sanjoanense, 9 | HA Cambra, 24.

Um pavilhão ao rubro e um jogo extremamente emotivo marcaram a receção ao Hóquei de Cambra, adversário com muitas caras conhecidas da Sanjoanense e que os alvinegros tiveram bastantes dificuldades para ultrapassar, só conseguindo garantir os três pontos já nos últimos segundos da partida.
Com uma exibição que não consegui estar ao nível de outros encontros, foram os visitantes que entraram melhor e com um hóquei extremamente rápido não demoraram a criar perigo para a baliza de Marco Lopes, que, aos seis minutos, não conseguiu impedir que Dani Bastos, sem oposição, inaugurasse o marcador.
Os locais tentaram responder mas era a formação liderada pelo ex-técnico alvinegro, Vítor Pereira, que se mostrava mais perigosa. Contudo a igualdade acabaria por chegar já perto do quarto de hora na sequência da décima falta do Cambra, com José Almeida a não desperdiçar o livre direto. Pouco depois Afonso Santos não teve a mesma frieza quando num mau alívio do guardião visitante fica com a posse de bola, mas falha o remate.
Com o golo dos alvinegros os visitantes baixaram de rendimento e de velocidade e a Sanjoanense equilibrou a partida. E se na primeira tentativa José Almeida conseguiu bater Tiago Santos, que substituiu David Nogueira na baliza nos lances de bola parada, à segunda, já perto do intervalo, foi o guardião do Cambra que levou a melhor, negando o golo ao homem da casa na sequência de mais um livre.
Na segunda parte o Cambra entrou forte e com cerca de 10 minutos de jogo coloca-se mais uma vez em vantagem após um remate colocado de Miguel Oliveira.
Com o encontro já perto do final a Sanjoanense acabaria por chegar novamente à igualdade, por intermédio de Bruno Moreira, numa altura em quer Vítor Pereira contava apenas com três atletas dentro do rinque. O homem dos alvinegros não se deu por satisfeito e logo depois podia ter apontado o terceiro, mas o remate saiu ao ferro da baliza de David Nogueira.
Com a igualdade no marcador, os últimos segundos foram frenéticos, com a Sanjoanense, mais uma vez em superioridade numéria, após a suspensão de dois atletas do Cambra, a chegar à vitória por intermédio de José Almeida, já depois de Alex Mount ter falhado um livre direto e de Miguel Oliveira ter visto o cartão vermelho.
Com este triunfo a Sanjoanense mantém-se na perseguição ao líder Riba d’Ave, com quatro pontos de atraso, mas com um jogo a menos.
No próximo fim de semana o campeonato sofre uma paragem para a realização dos quartos de final da Taça de Portugal, pelo que a Sanjoanense regressa à competição a 21 de abril, com a deslocação a Famalicão.

Comentários

Pub

Notícias relacionadas