a informação essencial
Pub

Estádio da ADS vandalizado no dia do jogo com Canelas 2010

FOTO: Nuno S. Ferreira
Partilha

O jogo de domingo entre o Canelas 2010 e a Sanjoanense era aguardado com alguma preocupação. A forma como terminou o encontro da primeira volta do campeonato em S. João da Madeira, com alguns desentendimentos na bancada, levantavam algum receio na deslocação alvinegra a Canelas. Preocupação que se acentuou no dia do jogo com as ameaças deixadas nas paredes do Estádio Conde Dias Garcia. Inscrições que, pelo teor, dão a entender terem sido feitas por adeptos do Canelas 2010.
Num comunicado divulgado pela Associação Desportiva Sanjoanense, o clube "repudia os atos de vandalismo" que, segundo os responsáveis, visavam o "condicionamento e intimidação da equipa e adeptos para o jogo que ocorreu passado algumas horas".
Face ao sucedido, a direção do clube alvinegro sublinha que encetou contactos com o intuito de, em primeiro lugar, "salvaguardar a integridade física de toda a comitiva (atletas, treinadores e dirigentes) e, igualmente, dos simpatizantes que passadas algumas horas se iriam deslocar ao reduto dos supostos provocadores, situação que foi devidamente assegurada pelas forças de segurança e Federação Portuguesa de Futebol".
No documento, os responsáveis pelo clube alvinegro garantem ainda que logo pela manhã de domingo foi feita a respetiva participação às autoridades, que se deslocaram ao local para tomar conta da ocorrência.
A direção da Sanjoanense refere ainda que lamenta "as atitudes provocatórias, com a deterioração do património de um clube histórico e digno, prestes a cumprir 94 anos de existência". "Pela sua grandeza, não irá retorquir com ações idênticas às intimidações e vandalismo de alguns, que, infelizmente, desconhecem as regras básicas do comportamento social e da sã convivência desportiva", pode ler-se ainda no comunicado.
De referir que o encontro, que terminou com a derrota da Sanjoanense por 2-0, decorreu dentro da normalidade.

Comentários

Pub

Notícias relacionadas