a informação essencial
Pub
Partilha

Campeonato de Portugal – Série B

AD Sanjoanense, 1
FC Cesarense, 1

Tags

ADS fecha primeira volta com empate frente ao Cesararense

FOTO: Nuno S. Ferreira
FOTO: Nuno S. Ferreira
FOTO: Nuno S. Ferreira
Partilha

Campeonato de Portugal – Série B

AD Sanjoanense, 1
FC Cesarense, 1

Jogo no Estádio Conde Dias Garcia, em S. João da Madeira.
Árbitro: Gustavo Correia, auxiliado por Roberto Santos e João Nogueira (AF Porto).
AD Sanjoanense: Cristiano, Castro, Igor, Ken, Almeida, Teles, Júlio (Mateus, 62’), Syzhi (Leo, 70’), Esteves, Murilo, Tiago Borges.
Suplentes: Ivo, Abubu, Micoli, Leo, Mateus, Pedro Tavares,
Treinador: Fernando Pereira.
FC Cesarense: Diogo Almeida, João Almeida, Guilherme, Cauê, Chapinha (Lucas, 57’), Maurício, Julinho, Diogo (João Miguel, 83’), Ângelo (Diogo Mota, 70’), Pardal, Fábio.
Suplentes: Raphael, Edu, Guga, Pedro Nova, Lucas, Diogo Mota, João Miguel.
Treinador: Carlos Secretário.
Ação disciplinar: cartão amarelo para Fábio (21’), Guilherme (39’ e 52’), Castro (82’), Teles (88’). Cartão vermelho para Guilherme (52’).
Marcha do marcador: 1-0 por Tiago Borges (43’), 1-1 por Julinho (54’).

O regresso à competição no novo ano não trazia um jogo fácil para Sanjoanense, que na última jornada da primeira volta recebeu o vizinho Cesarense, que, a jogar praticamente toda a segunda parte reduzido a dez unidades, saiu de S. João da Madeira com um empate a uma bola.
Foram os visitantes que entraram melhor no encontro e logo nos instantes iniciais da partida os homens de Carlos Secretário começaram a aproximar-se com perigo da baliza da Sanjoanense. Se aos quatro minutos Ken fez o trabalho de Cristiano, aos oito o guardião alvinegro viu o remate de Ângelo sair às redes laterais.
Os locais procuravam contrariar o maior domínio do Cesarense e perto do primeiro quarto de hora o ataque alvinegro chega perto da baliza de Diogo Almeida, mas a defensiva visitante resolveu sem grandes problemas. As melhores oportunidades pertenciam, no entanto, ao Cesarense, que aos 18 minutos teve mais uma excelente oportunidade para marcar, mas o remate cruzado de Chapinha sai fraco e rente ao poste.
A Sanjoanense foi crescendo no jogo e já perto da meia hora deixou os visitantes em sobressalto e foi Cauê que, próximo da linha de golo, assumiu o sacrifício e com o corpo travou o forte remate de Esteves. Minutos depois uma boa iniciativa de Tiago Borges, que procurava a desmarcação de Murilo, levava novamente o perigo à baliza de Diogo Almeida, mas o guardião antecipou-se ao capitão alvinegro.
Se até aqui os locais pouco tinham ameaçado, aos 43 minutos a Sanjoanense chega mesmo ao golo com uma arrancada rápida de Tiago Borges, que deixa um defesa para trás e sem grande oposição marcou no jogo de estreia com a camisola alvinegra.
Na segunda parte foram os locais que entraram melhor e logo no primeiro minuto Teles dispôs de uma boa oportunidade para aumentar a vantagem, mas o guardião visitante desviou o remate rasteiro do médio alvinegro.
Seria, no entanto, o Cesarense a chegar à igualdade, ainda nos minutos iniciais, na sequência de uma falha da defensiva alvinegra, com uma jogada individual de Julinho pelo corredor direito, passando por tudo e todos, e a servir o colega Chapinha, que bateu Cristiano sem grandes dificuldades.
Logo depois a Sanjoanense ficou em superioridade numérica com a expulsão de Guilherme e a partir daí tomou conta do jogo, mas não conseguiu furar a defensiva forasteira. Tiago Borges e Mateus ainda chegaram com perigo à baliza de Diogo Almeida, com os remates a saírem ao lado, mas foi o Cesarense que esteve mais perto do golo quando aos 79 minutos um livre de Diogo encontra Julinho dentro da grande área que, de cabeça, obriga Cristiano a uma defesa apertada.
No próximo domingo a Sanjoanense volta a jogar em casa, desta feita para receber o Camacha, que na primeira volta derrotou a formação alvinegra por 2-1.

Comentários

Pub

Notícias relacionadas