a informação essencial
Pub
Partilha

Campeonato Nacional de Seniores Masculinos de Andebol da 2.ª Divisão

AC Estarreja, 25
ADS/Clinicas CMP, 33

Tags

Vitória deixa ADS a um ponto do líder

FOTO: Arquivo Labor
Partilha

Campeonato Nacional de Seniores Masculinos de Andebol da 2.ª Divisão

AC Estarreja, 25
ADS/Clinicas CMP, 33

Jogo no Pavilhão das Travessas, em João da Madeira.
Árbitros: Óscar Almeida e Luís Santos.
Estarreja AC: Daniel Castro, José Oliveira, Alberto Silva, Francisco Feiteira, André Vieira, Vítor Valente, António Silva, André Rego, Marco Ferreira, Diogo Liberato, João Santos, Rafel Pinho, Tomás Almeida, Tiago Marreiros, André Lima, Paulo Oliveira.
Treinador: Rui Liberato.
ADS/Clínicas CMP: Ricardo Gaspar, Mário Lopes, João Pinhal, Xavier Costa, Diogo Taboada, Hugo Terra, Patrick Lemos, Ricardo Pinho, Rui Rodrigues, Alexandre Relvas, Eduardo Pereira, Pedro Garcia, Ricardo Pinho, António Brandão, Tiago Arrojado.
Treinador: Nuno Silva.
Ao intervalo: 12-20.

Neste primeiro jogo da segunda volta do campeonato, realizado no Pavilhão das Travessas por inversão de jornada, a Sanjoanense tinha pela frente um adversário bem conhecido e que partilhava a mesma posição na tabela classificativa. A equipa alvinegra, que ficará sem Bruno Pinho pelo menos por mais um mês, já que o atleta será operado brevemente, apresentou neste encontro o seu novo reforço, o internacional brasileiro Patrick Lemos. Com uma boa entrada na partida, impondo um ritmo elevado, foram os locais que comandaram sempre o jogo, chegando mesmo a conseguir uma vantagem de 10 golos a meio da segunda parte.
O Estarreja, que esteve sempre muito dependente de Alberto Silva, que acabou por ser o melhor marcador da equipa (11 golos), conseguiu recuperar e chegar ao intervalo com uma diferença de apenas seis golos.
No início da segunda parte uma boa entrada dos visitantes surpreendeu os homens de S. João da Madeira, que viram a distância encurtar para apenas três golos.
A cerca de 15 minutos do fim Nuno Silva lançou o reforço Patrick Lemos, que ainda teve tempo para marcar por sete vezes e mostrar que é, sem dúvida, um elemento que desequilibra um jogo.
A 10 minutos do final o técnico alvinegro viu o cartão vermelho por protestos após dois lances em que jogadores do Estarreja “cortaram” jogadas com o pé sem ação da equipa de arbitragem.
De referir que na Sanjoanense esteve em destaque Alexandre Relvas, com oito golos apontados, e Mansores, que entrou para a baliza na segunda parte efetuando várias excelentes defesas.
Com esta vitória a Sanjoanense está em quarto lugar na tabela classificativa, mas a apenas um ponto do primeiro classificado.
Amanhã os alvinegros recebem a Académica de Coimbra, equipa que se encontra em último lugar, sem qualquer vitória.

Comentários

Pub

Notícias relacionadas