a informação essencial
Pub
Partilha

Evento juntou mais de 30 viaturas ao longo do fim de semana

Tags

Turbo Clube e AFN promoveram Raid Solidário

FOTO: Direitos Reservados
FOTO: Direitos Reservados
FOTO: Direitos Reservados
FOTO: Direitos Reservados
FOTO: Direitos Reservados
Partilha

Evento juntou mais de 30 viaturas ao longo do fim de semana

O Turbo Clube e a AFN Acessórios 4x4, em parceria com a Petertumble e a Câmara Municipal de S. João da Madeira, proporcionaram aos amantes do todo-o-terreno, um fim de semana de lazer com a realização do Raid Solidário.
A iniciativa, que não fazia parte do calendário de eventos do Turbo Clube, foi o resultado de um convite lançado pela empresa sanjoanense AFN Acessórios 4x4. “Foi-nos lançado um repto para realizarmos um passeio”, refere João Gonçalves, presidente do Turbo Clube. “A empresa pretendia convidar alguns clientes de Leiria para baixo para conhecerem a nossa zona”, explica o responsável pela coletividade sanjoanense, que achou interessante realizar um evento ao longo do fim de semana.
E foram cerca de 35 viaturas que ao início da tarde de sábado arrancaram da Figueira da Foz em direção a S. João da Madeira. “Fizemos a zona litoral até Vagos, onde visitamos a Vista Alegre. No domingo concentrámo-nos na Câmara Municipal para um percurso de carater mais serrano”, esclarece João Gonçalves, sublinhando que a iniciativa encerrou, depois de almoço, com uma visita ao Radar Meteorológico da Serra da Freita para “envolver os participantes numa vertente mais cultural e até turística”.
“Como era uma coisa de amigos, sem inscrição, convidamos todos os participantes a oferecer o que entendessem para a compra de equipamento para pessoas necessitadas”, explica João Gonçalves a vertente solidária do evento. “Inicialmente falou-se na compra de uma ou duas cadeiras de rodas, mas foi decidido que a verba irá servir para ajudar na aquisição de uma plataforma elevatória para escadas para ajudar pessoas com mobilidade reduzida”, revela o responsável do Turbo Clube, sublinhando que a quantia angaria deverá ser entregue, em breve, aos Rotários de S. João da Madeira.
“Foi esse cariz que acabou por dar nome ao passeio”, sublinha João Gonçalves, que considera que o resultado foi “bastante positivo”. Um sucesso que deixa a organização motivada para dar continuidade ao evento. “Acredito que será uma iniciativa para se repetir”, confessa o responsável, que destaca a organização mais simples comparativamente aos tradicionais raides de todo-o-terreno. “Necessita de menos organização. É mais fácil porque os próprios participantes têm uma predisposição diferente neste tipo de formato e ajudam para que as coisas corram bem”, explica João Gonçalves que, no entanto, admite que o número de participantes não poderá sofrer grandes alterações. “Acho que este tipo de organização não é adequado a um evento de massas e com muita gente”, explica o responsável, que não coloca de parte possibilidade de se realizar dois eventos deste género anualmente. “Podemos pensar num no verão, mais virado para a praia e litoral, e outro de inverno, mais serrano, mas ambos com o mesmo espírito”, concluiu.

Comentários

Pub

Notícias relacionadas