a informação essencial
Pub

Poemas “onde a sombra persiste”

FOTO: Direitos Reservados
Partilha

Depois de Viseu, aquando da atribuição do Prémio de Poesia Judith Teixeira 2016, o novo livro de poesia de Luís Aguiar foi apresentado em S. João da Madeira esta última sexta-feira, 7 de julho.
A Biblioteca Municipal Dr. Renato Araújo encheu-se de gente para ver a poetisa Sara F. Costa fazer uma pequena dissertação sobre “O muro onde a sombra persiste”. Na ocasião, a também diretora executiva do Centro de Língua Chinesa Portal Martim Moniz abordou a paixão que o escritor de 38 anos, natural de Oliveira de Azeméis, nutre por três distintas culturas, nomeadamente a portuguesa, japonesa e grega.
Em seu entender, “esta paixão é visível nos poemas quando o autor recupera, a título de exemplo, figuras da mitologia grega, tateia os Haikus desenvolvidos por MatsuoBashô ou a carga simbólica e religiosa densamente visível nas viúvas portuguesas”. Sara F. Costa referiu-se ainda à “sombra” presente em vários poemas e que remete para o título da obra.
Também Paulo Coelho, representante da editora “Edições Esgotadas”, fez um breve discurso sobre o autor e o prémio literário fomentado pela Câmara Municipal de Viseu e a editora que representa. Por falar na “Edições Esgotadas”, vincou a sua “importância na esfera literária enquanto editora independente”.
Já Luís Aguiar explicou às cerca de 40 pessoas presentes como surgiu “O muro onde a sombra persiste”, os temas que os vários poemas aprofundam, assim como o fio condutor que os une. Fez menção ainda ao seu percurso enquanto escritor e, por fim, declamou alguns dos poemas do livro que estava a apresentar na cidade sanjoanense.
Já perto do fim, o serão contou com dois momentos musicais protagonizados por Cátia Pereira (violino) e Thiago Leite dos Santos (saxofone). Posto isso, houve uma sessão de autógrafos e um porto de honra.
Do curriculum literário de Luís Aguiar constam várias apresentações, em diversas cidades, dos seus oito livros publicados, publicações de poemas em inúmeras coletâneas de poesia e distinções em cerca de meia centena de prémios literários.

Comentários

Pub

Notícias relacionadas