a informação essencial
Pub
Partilha

O festival terá pela primeira vez mais um palco e uma banda internacional emergente

Tags

Party Sleep Repeat regressa à Oliva

FOTO: Melissa Rito
Partilha

O festival terá pela primeira vez mais um palco e uma banda internacional emergente

A 5.ª edição do Party Sleep Repeat regressa dia 22 de abril à Sala dos Fornos da Oliva Creative Factory em S. João da Madeira.
Da primeira à terceira edição, o festival sanjoanense realizou-se apenas num dia. A quarta edição foi de dois dias e a quinta volta a ser de um dia, e como sempre com novidades.
O Party Sleep Repeat terá pela primeira vez mais um palco e uma banda internacional emergente. O festival sanjoanense tem sido alvo de evoluções de edição para edição. As razões são “várias”, mas é preciso “uma contextualização que levanta o véu de como são pensadas essas mudanças”, disse Tiago Valente dos Santos, presidente da Associação Cultural Luís Lima (ACLL), responsável pelo Party Sleep Repeat (PSR).
“Não nos encontramos amarrados a nenhuma questão além do conceito do festival, conceito esse que assenta em homenagear o Luís Lima, e que essa homenagem desencadeie receitas que possamos afetar a causas sociais”, esclareceu Tiago Valente dos Santos, continuando, “isto é, o que temos que respeitar, a partir daí podemos materializar o conceito da forma que for a que consideramos ser a que resulta melhor”. E “a partir daí queremos ir experimentando novas formas de realizar o festival”, explicou o presidente da associação ao labor.
A edição do ano passado teve duas noites e “correu muito bem dado que tínhamos um cartaz conjunto fortíssimo, mas este ano tínhamos uma visão em que queríamos que as pessoas pudessem aproveitar o festival tanto de dia como ao ar livre”, revelou Tiago Valente dos Santos, avisando, desde já, que o formato do próximo ano poderá ser diferente.
O PSR deste ano começará pela primeira vez às 17h00 e com um palco extra no exterior para que as pessoas possam aproveitar ainda mais o espaço e a música. Além disso, a decoração também deixará uma marca muito forte pelas “mãos” da Critic Studio.
O PSR tem como base três pilares fundamentais: o tributo a Luís Lima, a cultura e a solidariedade. O festival sanjoanense nasceu como um tributo a Luís Lima, jovem que faleceu de doença prolongada em 2012, e é organizado pela ACLL com a parceria da Câmara Municipal de S. João da Madeira, Junta de Freguesia de S. João da Madeira e Associação de Jovens Ecos Urbanos.
O PSR é considerado um marco cultural e as distinções de Melhor Festival Indoor em 2016 e Melhor Festival Pequeno em 2017 da Península Ibérica pelo Festival de Prémios Ibéricos comprova isso mesmo. Por último, a solidariedade ao contribuir com as receitas de bilheteira para o projeto “Apadrinhe esta Ideia” da Associação de Jovens Ecos Urbanos e para projetos de investigação da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

Bilhetes à venda. Transporte gratuito com partida no Porto

O festival sanjoanense começa às 17h00 com as bandas Toulouse, The Sunflowers e os espanhóis Baywaves seguidas de Adão Dj set no palco da alameda da Oliva Creative Factory. O cartaz apresenta Prana, Marvel Lima, Riding Pânico, The Legendary Tigerman, a partir das 22h00, no palco da Sala dos Fornos da Oliva Creative Factory.
O festival encerrará com o Dj set de A Boy Named Sue, seguido de La Flama Blanca.
Os bilhetes custam sete euros para quem comprar com antecedência na bilheteira online Last2Ticket e 10 para quem comprar no próprio dia.
 A organização disponibiliza ainda um autocarro com partida no Porto até à Oliva Creative Factory e com regresso ao fim da noite gratuitamente. Quem quiser pode reservar o seu lugar no horário pretendido ao enviar o nome, n.º Bilhete de Identificação/Cartão de Cidadão, contacto e comprovativo do bilhete para shuttle@party-sleep-repeat.com.

Comentários

Pub

Notícias relacionadas