a informação essencial
Pub

Cuidado, Casimiro!

Partilha

Estamos em plena campanha eleitoral para as eleições autárquicas que se realizam no próximo dia 1 de outubro.É justo e lícito que cada partido ou coligação que se apresente às eleições procure atrair a simpatia e o voto dos eleitores.
No entanto, existe uma regra que qualquer candidato deve ter em conta no combate político: é o respeito pelos concorrentes das outras forças políticas! E, sinceramente, tenho de afirmar que, como eleitor, me entristece a forma como alguns candidatos e apoiantes de algumas forças políticas procuram obter os votos dos sanjoanenses. Já não falo do extenso rol de promessas com que nos acenam pois, como é sabido, “quando a esmola é grande o pobre desconfia” e, como todos sabemos, a maioria são apenas promessas eleitorais. Mas revolta-me o ataque pessoal, o amesquinhamento e apoucamento de qualquer candidato, pois não são métodos, que à luz da razão e da moral política, devam justificar o apelo ao voto.
Não se coíbem de promover sondagens encomendadas e até, a meu ver, de duvidosa legalidade quando interrogam os eleitores se “ vai votar Neste ou Naquele candidato”, induzindo o voto do eleitor, limitando a sua escolha a duas candidaturas.
Todos os candidatos terão, por certo, propostas válidas para engrandecer S. João da Madeira. Uma simples “rampa de acesso aos serviços da Segurança Social pela Avenida Dr. Renato Araújo” como já foi várias vezes proposto, ou a instalação de “Sanitários Públicos” em certas zonas de cidade, são pequenas coisas de pequeno valor que muito beneficiam a população! Outros terão as suas propostas que devem merecer a devida atenção de todos os que vierem a ser eleitos para gerir os destinos da nossa cidade.
Por isso, fica aqui o meu conselho: desconfie de quem tudo lhe promete e, como diz a canção de Sérgio Godinho, “cuidado Casimiro, cuidado com as imitações”.
Não chega apenas ter uma visão de futuro e sentir S. João pois, mais urgente, é acabar com a pobreza e a exclusão social, é Humanizar a Cidade !



António Mendes

Comentários

Pub

Notícias relacionadas