a informação essencial
Pub
Partilha

O espetáculo “nunca fala sobre pessoas, mas sim em cores que se deslocam, misturam-se e se compõem de novo”

Tags

Teatro “O Areias” retrata o drama dos refugiados

FOTO: Direitos Reservados
Partilha

O espetáculo “nunca fala sobre pessoas, mas sim em cores que se deslocam, misturam-se e se compõem de novo”

A peça “O Areias” da Imaginar do Gigante”, teatro infantojuvenil, sobe este sábado, dia 17 de fevereiro, pelas 11h00, ao palco dos Paços da Cultura.
Este teatro de formas animadas “fala de um tema bastante complexo e triste. Sobre os milhões de pessoas que todos os dias, devido à guerra, violência ou perseguição, são obrigadas a abandonar as suas casas. Onde mais de metade dos deslocados internos ou refugiados são crianças”, começou por contar o performer Pedro Saraiva ao labor.
O espetáculo “nunca fala sobre pessoas, mas sim em cores que se deslocam, misturam-se e se compõem de novo. Tal como novas formações de pigmentos. É um espetáculo sensível onde objetos, origamis e multimédia dão vida a um mundo da imaginação”, continuou Pedro Saraiva.
Este é um espetáculo original com direção, manipulação e cenografia de Pedro Saraiva, música de Daily Misconceptions, fotografia de cena do Mário Costa e a ilustração e o design são de Anabela Dias.
O espetáculo “O Areias” terá a duração aproximada de 40 minutos, e é para o público com mais de quatro anos.
A expectativa em relação ao teatro é “alta, uma vez que vamos estar num lugar onde cada vez mais é um espaço quer de formação de públicos, quer de difusão do que de melhor se faz, não só no país como no mundo”, assumiu o performer, admitindo que, “como sabemos nem sempre é fácil conseguir uma programação de qualidade, e com esta continuidade. Por vezes tem-se a sensação que só em Lisboa e Porto existe programação artística e cultural, o que não é verdade”.
Por isso, “damos os parabéns aos programadores e à câmara, pelo brio com que se empenham e que têm tido ao longo dos tempos. Estou muito feliz de voltar a São João da Madeira (há muitos anos, a Maria João, atualmente atriz, trouxe um espetáculo meu aqui, na altura foi a minha primeira encenação). Penso que é sempre uma felicidade voltar aos lugares que acarinhamos. Esperamos que seja uma manhã bem partilhada por todos”, ansiou Pedro Saraiva ao labor. 
A Imaginar do Gigante é uma estrutura de criação de serviços artísticos e culturais, tendo como principais áreas de atuação as artes performativas contemporâneas para crianças e a edição de objetos de leitura e promoção dos sentidos.
A Imaginar do Gigante lança um livro de cada criação de artes performativa, sendo o mais recente sobre O Areias, editado em bilingue (Português e Inglês), com texto do Pedro Saraiva e ilustração da Anabela Dias.
A apresentação do livro vai ser feita pelos dois autores e, ao mesmo tempo, as ilustrações originais vão estar patentes em S. João da Madeira, juntamente com uma oficina da Anabela Dias.

Mais teatro. A seguir “Somos nós”

O teatro “Guarda Mundos”, destinado a jovens e adultos, realiza-se a 23 de fevereiro, pelas 21h30, nos Paços da Cultura.
“Que memórias estão presentes nas roupas que vestimos ou nos objetos que utilizamos ao longo de uma vida? Que histórias ficam guardadas em gavetas? O que guarda um guarda-fatos?”. As respostas para estas e outras questões estão no “Guarda Mundos”, “um espetáculo construído sobre um objeto muito particular, o guarda-fatos” que é “na infância símbolo de refúgio e de portal para uma outra dimensão, capaz de atrair a curiosidade das crianças e as catapultar para o universo da imaginação”, segundo o documento.
Esta peça de teatro é “uma viagem vertiginosa com uma paisagem recheada de personagens grotescas, num espetáculo acrobático, com uma forte componente visual e simultaneamente mágico”, lê-se na programação cultural, considerando “Guarda Mundos” como “um mergulho no espaço íntimo, uma viagem pelo imaginário individual com uma paisagem recheada de medos, desejos e sonhos”.
O projeto “Somos Nós” pretende dar a conhecer os artistas e as instituições sanjoanenses.
A Banda de Música de S. João da Madeira, a mais antiga instituição da cidade, é a primeira a mostrar quem é em “Somos Nós”. O espetáculo está marcado para o dia 25 de fevereiro, pelas 17h00, nos Paços da Cultura.

Bilhetes à venda nos locais habituais

Os bilhetes para estes espetáculos podem ser adquiridos em BilheteiraOnline (http://cmsjm.bol.pt/), Paços da Cultura, lojas FNAC, CTT, Centro Comercial 8.ª Avenida (Worten), El Corte Inglês, Pousadas da Juventude, a linha 24h de reservas e informações 18 20 do MEO e os Quiosques Serveasy.

Comentários

Pub

Notícias relacionadas