a informação essencial
Pub
Partilha

Taça Fundação INATEL – Grupo B

ADRAV, 3
Nariz, 0

Tags

Simples, mas eficaz

FOTO: Direitos Reservados
FOTO: Direitos Reservados
Partilha

Taça Fundação INATEL – Grupo B

ADRAV, 3
Nariz, 0

ADRAV: Tiago Tavares, Renato, Bruno, Hélder, Rúben, Tiago Santos, Bola, Joel, Xavier (Patrick, 65), Barros; Hugo Barraca (Ricardo, 70).
Suplentes: Hugo Tavares, João, Rocha, Hector, Leandro, Patrick, Ricardo.
Treinador: Carlitos.

Depois do mau resultado na jornada anterior e face a fragilidade do adversário, a ADRAV estava mesmo obrigada a vencer nesta jornada.
Com isso em mente, o técnico da equipa sanjoanense efetuou várias mexidas no 11 inicial de forma a dar oportunidade a jogadores menos utilizados, alteração que foi uma aposta ganha, já que os locais acabariam por vencer confortavelmente.
E a entrada em jogo da ADRAV foi excelente com a formação comandada por Carlitos a inaugurar o marcador à passagem dos 12 minutos. À segunda tentativa, Xavier, com uma investida rápida, chega à linha defensiva forasteira e com um remate cruzado apanhou desprevenido o guardião forasteiro, que nada pode fazer para evitar o golo.
Em vantagem, a ADRAV continuou a dominar a partida com jogadas de bom recorte técnico, até que ao minuto 23 Xavier voltou a fazer estragos na baliza adversária. O homem da casa ganha a bola no flanco esquerdo e, depois de deixar para trás um adversário, remata forte de um ângulo difícil e aponta o segundo da ADRAV, resultado com que se chegaria ao intervalo.
No reatamento da partida os forasteiros ainda tentaram chegar à baliza de Tiago Tavares, mas sempre com pouca inspiração. Já a ADRAV ia desperdiçando oportunidades de golo, mas aos 70 minutos Ricardo, acabado de entrar, fecha a contagem. O homem da ADRAV interceta um mau atraso dos visitantes e depois de ultrapassar o guardião do Nariz só teve que empurrar para o fundo das redes, sentenciando a partida.
No final a festa foi da ADRAV mas ainda era evidente alguma tristeza pela perde de alguns pontos injustificáveis e que poderão vir a fazer falta.
Com o Natal e o fim de ano cada vez mais próximos, a competição sofre uma breve paragem, regressando no dia 7 de janeiro com a ADRAV a deslocar-se ao reduto dos Hippyes de Arrifana.

Xavier foi o homem do jogo

Com uma excelente exibição, xavier trocou as voltas à defensiva forasteira ganhando quase todos os “duelos” individuais em que esteve envolvido.
Para além de tudo isso o homem da ADRAV apontou dois dos três golos da equipa sanjoanense, deitando completamente por terra todas as aspirações do adversário.

Comentários

Pub

Notícias relacionadas