a informação essencial
Pub
Partilha

Rosa Maria Gomes contraiu malária durante missão da ONU

Tags

Comissária da PSP retirada da República Centro Africana

FOTO: Arquivo Labor
Partilha

Rosa Maria Gomes contraiu malária durante missão da ONU

A Comissária Rosa Maria Gomes contraiu malária na República Centro Africana, de onde foi retirada pela Força Aérea, e está internada desde o dia 15 de junho, no Hospital das Forças Armadas em Lisboa.
A Comissária integrava o grupo de agentes da PSP destacados, em março deste ano, para uma Missão da ONU na República Centro Africana. Rosa Maria Gomes desde dezembro de 2013 que estava à frente da Esquadra da PSP de S. João da Madeira, acabando por ser substituída em março deste ano devido ao destacamento para esta missão com a duração de um ano.
A Comissária está “estável, mas a requerer cuidados”, disse o intendente Hugo Palma, diretor do gabinete de relações públicas da PSP, garantindo que Rosa Maria Gomes, tal como todos os que integraram a missão, tiveram acesso a todas as precauções higiénicas para evitar uma doença ou contágio e poder seguir em missão para África.
“Há uma profilaxia que é garantida sempre que polícias ou militares se deslocam para territórios onde a malária existe. Esta comissária fazia parte de uma delegação de 14 polícias que no início de março foram para uma missão na República Centro-Africana, todos eles foram sujeitos à necessária profilaxia relativamente às diferentes doenças, não só a malária, mas a prevenção não é 100%”, assegurou o intendente Hugo Palma. “Ela está consciente e para já a situação estará estabilizada, mas obviamente ainda requerendo algum cuidado e alguma atenção e agora, de acordo com os exames que estão a ser realizados, vamos perceber a extensão das eventuais consequências”, adiantou o intendente Hugo Palma.
O labor tentou entrar em contacto com Rosa Maria Gomes até ao fecho da edição, mas sem sucesso.

Comentários

Pub

Notícias relacionadas